O vento pode vir de qualquer lado..mas a vela tem que estar firme


A beleza das coisas

Entre outras tantas belezas

É um nascer e pôr de sol,

Num parecer de sobe e desce


Não existe razão das coisas

E da eternidade dos tempos!

Passa tão perto e distante,

O toque, a voz de uma criança

O silêncio, um abraço amigo

Um socorro, um pedido

A beleza de uma planta…

Um olhar que não se lê

Uma mão que distrai

Enquanto a outra faz magia

Um truque que não se vê

Mas a vida nos encanta!

O caminho de uma noite

Uma luz, um clarão de tempestade

Pensar que o dia não mais tem uso…

Deixar tudo para traz

Recordações que nos deixam

A pensar o que fazer com elas,


De viver ou fazer uma história.

E a meio do caminho…

De novo se encontra o percurso!

Todas as coisas têm a sua beleza

E a beleza das coisas

Está onde estamos…

Está onde nunca reparamos!
…Claudia

Anúncios

eu já estava com saudade

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: